Exposições de equipamentos cinematográficos históricos com peças do acervo do LUPA

Sob a curadoria do professor Rafael de Luna Freire, foram organizadas duas exposições de equipamentos cinematográficos históricos durante o 4o Festival de Cinema do BRICS, a partir do acervo do Laboratório Universitário de Preservação Audiovisual da Universidade Federal Fluminense.

A preparação para a exposição foi uma das atividades que foi iniciada com maior antecedência, envolvendo a seleção, catalogação e restauração dos objetos a serem exibidos, assim como a pesquisa para os textos da curadoria expostos no evento e publicados no catálogo.

A graduanda do bacharelado em Cinema e Audiovisual da UFF, Laura Batitucci, trabalhou como bolsista do projeto desde o início de 2019. Posteriormente a equipe foi acrescida da museóloga Amanda Iório e do restaurador de equipamentos cinematográficos Diogo Rembold.

A exposição “Projetores” reuniu quatro projetores cinematográficos, de tamanhos, épocas e bitolas diferentes, do 35mm profissional ao 9,5mm amador do período silencioso, na entrada do Reserva Cultural. A exposição foi inaugurada dia 30 de setembro, no início do Encontro de Preservação Audiovisual do BRICS, permanecendo até o final do festival, dia 9 de outubro, sendo, portanto, vista também pelos frequentadores das mostras exibidas naquela sala de cinema e os demais espectadores e frequentadores do Reserva Cultural.

A exposição “A tecnologia do cinema: do amador ao profissional” reuniu 13 equipamentos cinematográficos históricos, além de uma vitrine com trechos de películas cinematográficas de diferentes formatos e épocas, devidamente iluminadas para visualização. A exposição foi organizada em três módulos: amador, semiprofissional e profissional, permitindo ao frequentador conhecer as diferenças entre os equipamentos utilizados para realizar, desde filmes familiares, até os maiores longas-metragens brasileiros. A exposição contou com textos explicativos especialmente redigidos pelo curador para o evento.

A exposição “A tecnologia do cinema: do amador ao profissional” foi realizada no saguão de entrada da reitoria da UFF, no mesmo espaço do Centro de Artes da UFF, sendo inaugurada justamente no dia de abertura do Festival, 2 de outubro, e permanecendo aberta o seu encerramento, dia 9 de outubro.

O livro de visita da exposição “A tecnologia do cinema: do amador ao profissional” registrou mais de 100 assinaturas, sem contar o público de estudantes do ensino fundamental da rede pública de ensino de Niterói que realizaram visitas guiadas à exposição juntamente com idas às sessões da Mostra Animação durante o Festival.

As duas exposições contaram com uma equipe de monitores devidamente instruídos pela curadoria para receber os frequentadores e tirar dúvidas sobre os equipamentos expostos.

A organização das duas exposições durante o Festival de Cinema do BRICS foram as primeiras exibições públicas do acervo que começou a ser reunido pelo LUPA-UFF a partir de 2017 e permitiu o trabalho de catalogação e restauração das peças que foram expostas.

Créditos da Exposição de equipamentos cinematográficos

  • Curadoria: Rafael de Luna Freire
  • Museologia: Amanda Iorio
  • Restauração: Diogo Rembold
  • Produção: Laura Batitucci
  • Apoio: Rodrigo Batista e Vinícius Curvelo.
  • Cenografia: Rosa dos Ventos
  • Identidade visual e projeto gráfico: Luiz Garcia

Uma realização do Laboratório Universitário de Preservação Audiovisual | LUPA-UFF