Filmes do curso de cinema da UFF

Criado em 1968, o Curso de Cinema da UFF inicia a sua produção filmográfica com o curta Escola de comunicação (1971), dirigido pelo prof. Miguel Freire, com os alunos em sua equipe técnica, entre eles, Tizuka Yamakazi, Lael Rodrigues, Nuno César Abreu e Hilda Machado. Até 2010, a produção filmográfica do Curso de Cinema e Audiovisual da UFF contabiliza cerca de 230 curtasmetragens (nos referimos apenas à produção realizada ou finalizada em película, excluindo-se, portanto, a produção do Curso em vídeo analógico e digital). Boa parte dos materiais dessas obras, suas matrizes e cópias, está depositada em instituições de guarda audiovisual no Rio de Janeiro, na Cinemateca do MAM, no Centro Técnico Audiovisual (CTAv) e no Arquivo Nacional.

O vínculo entre o Curso de Cinema e a área de preservação audiovisual materializado na criação do LUPA também se vê na aquisição da consciência, por parte do Departamento de Cinema e Vídeo da UFF, da importância da preservação do acervo de seu próprio curso. No entanto, até a criação da Comissão de Acervo em 2010, o Departamento de Cinema e Vídeo carecia de propostas e normas claras no que diz respeito ao seu próprio acervo, embora ações tenham sido realizadas por esse viés, como a edição de publicações com os dados da produção do curso organizados pelo prof. Tunico Amancio.

Assim, foram empenhados esforços para o levantamento do acervo filmográfico do Curso, disperso em várias instituições de guarda. Por intermédio de um projeto aprovado pelos Editais PIBIC/CNPq UFF 2010/2011 e 2012/13, o acervo em película do curso foi sistematicamente checado e separado por materiais diferenciados (matrizes e cópias) e, posteriormente, enviado para instituições de guarda distintas, onde os materiais foram devidamente higienizados e armazenados. Posteriormente, um projeto de extensão aprovado pelo edital Proex UFF 2016 buscou sistematizar as informações de toda a produção audiovisual realizada pelo Curso de Cinema da UFF.

A partir de 2017, com a criação de um sistema de reserva de equipamentos audiovisuais do Departamento de Cinema e Vídeo (http://www.cinemauff.com.br), as informações sobre todos os projetos realizados no curso passaram a ser registrados numa base de dados, embora a coleta e conservação dos filmes, agora em formato digital, ainda permaneça um desafio para a universidade.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.